sábado, 11 de enero de 2014

A primeira vez

No es la primera vez, seguimos con João...



A primeira vez
Alcebíades Barcelos Bide - Armando Marçal

A primeira vez que eu te encontrei,
alimentei a ilusão de ser feliz
Eu era triste, sorri, peguei no pinho e cantei
Tantos versos eu fiz em meu peito guardei
Um dia voce partiu, meu pinho emudeceu
e a minha voz na garganta morreu

Procuro esquecer a dor, não sou capaz,
meu violão nao toca mais
Eu vivo triste a meditar,
nao canto mais, meu consolo é chorar



No hay comentarios: